Categorias
Sem categoria

Recentemente, o que me aconteceu

Bom, resolvi escrever esse texto pois já estou há algumas semanas sem postar nada, e queria colocar aqui as coisas que aconteceram na minha vida:

  • Mudei de casa. Sim!!! Após 20 anos (desde que nasci) morando no mesmo lugar, alterei meu endereço. Estou bastante feliz com isso, pois é de fato um lugar e uma casa melhor – conquista maior ainda para os meus pais. Apesar de que mudanças de casa geralmente são estressantes por causa de burocracias e da bagunça que isso causa (já faz um tempo e ainda tem algumas caixas a serem abertas), tudo vale a pena [“se a alma não é pequena”, já diria Fernando Pessoa]
  • Criei um canal no YouTube. Sim!!! Depois de anos falando e falando e falando que iria fazer, eu fiz. Só tem um único vídeo por lá na data que este texto está sendo postado, mas pretendo soltar no mínimo um vídeo por semana mesmo. É um canal poético, onde eu, sra. Jaque, declamo poemas/textos. O primeiro que eu escolhi foi “Prece por um padre”, da maravilhosa Clarice Lispector.
  • Tive minha redação criticada negativamente (mais uma vez) em um trabalho acadêmico. Pois é. Nem sei o que dizer direito, mas gostaria de pontuar que durante toda minha vida escolar, minha escrita acadêmica não foi duramente criticada – sendo muitas vezes elogiada por alguns. No entanto, recebi sérias avaliações negativas três vezes na vida: em uma redação que eu zerei quando estava no cursinho pré-vestibular; em uma prova de História Medieval, em que a prof. descreveu meu texto como “extremamente confuso”; e recentemente, em um trabalho de História das Ciências no Brasil, a prof. apontou diversos erros de redação. Em um primeiro momento, me sinto extremamente burra e me pergunto o que é que eu estou fazendo, pois a academia intelectual não parece ser meu lugar. Passados os primeiros ânimos, percebo que só me resta uma coisa: estudar mais, me esforçar mais, entender onde estou errando e melhorar – não tem como fugir disso.

Fora estes três aspectos principais, há algumas coisas que eu gostaria de contar, porém que se tratam mais do futuro – então deixarei para revelar quando forem realidades concretas.

Uma observação: ainda estamos sofrendo com a pandemia, infelizmente. Há um mês, toda minha família se infectou com o vírus e ficamos trancafiados em casa por 2 semanas. Nesse ínterim, só tenho a agradecer a Deus por todos nós termos tido uma ótima recuperação, e não precisarmos ter ficado internados no hospital.

Por hoje é isso.

Categorias
Série Querido Deus

Querido Deus #23

Querido Deus,

Até aqui o Antônio tem sido uma pessoa bem importante na minha vida, apesar dos pesares. Eu fico feliz ao conversar com ele, e triste quando ele se mostra triste.

Obrigada por ter me dado ele como amigo.

Amém.

Categorias
Série Querido Deus

Querido Deus #22

Querido Deus,

Hoje foi um dia bom. Fiquei com a mente ocupada todo o dia – isso é muito bom, evita que eu pense besteiras. Limpa meus pensamentos, Jesus.

Tenho pensado em voltar a acompanhar futebol.

Hoje, sou grata por ter conseguido fazer as tarefas da semana conforme o planejado; pelas conversas com meu sobrinho Carlos; e por ter ficado menos ansiosa hoje.

Categorias
Série Querido Deus

Querido Deus #21

Querido Deus,

Hoje foi pior que ontem – estou totalmente desanimada. Totalmente. Estou me sentindo um lixo que anda e fala.

Apesar de saber que o ser humano sofre por causa do pecado, eu não quero viver em um mundo terrível como este. Tanta sabedoria humana acumulada, mas ninguém realmente se importa com o próximo (generalizei. Há pessoas que se importam de verdade).

Peço que me dê força para suportar e sabedoria para agir corretamente.

Peço também que na hora da minha morte, ali nos instantes finais, haja uma boa mão humana para segurar a minha.

Amém

Categorias
Série Querido Deus

Querido Deus #19

Querido Deus,

Me senti mal hoje. Na noite passada eu tive insônia, dormi mal, acordei com dor de cabeça.

Me desculpa Jesus. O Senhor sabe pelo quê. E é por quase todas minhas atitudes.

Ajuda o Antônio, ele está triste também.

Minha cabeça está um turbilhão. Muita coisa pra fazer, e eu continuo errando; perdi a conta já.

E orei, e orei outra vez, e tornei a orar, e continuei orando sem me importar que alguém entrasse no meu quarto e parasse para olhar, eu quis gritar Seu nome, mas tinha vergonha de fazê-lo, se é que alguma vez a tive, se é que estivesse sendo ouvida, talvez eu estivesse machucada, tudo ficara muito confuso, ideias misturadas, tremores, água das lágrimas e sal e saliva do meu corpo sujo gasto exausto orando feito louca por minha alma cansada, era tudo um sentimento só, eu continuava orando e continuava chorando sem parar, mas eu não ia mais querendo gritar, no meu quarto, eu só estava sentada na cama fazia muito tempo, depois de fazer o que não devia, tão escuro agora que eu sentia medo, nem conseguiria fazer outra coisa, outra ação, outro gesto além de continuar orando orando orando orando orando orando orando por minha alma cansada.

Categorias
Série Querido Deus

Querido Deus #15

Querido Deus,

Têm sido dias difíceis. O Antônio me acusou de não me importar com ele, sendo que ele é (ou era, sei lá) meu melhor amigo e uma das pessoas com quem eu mais me importava. Isso me magoou muito. Acho que perdi um amigo, infelizmente.

Tô me sentindo uma merd@. Parece que tá tudo errado.

Minha esperança está falhando. Me desculpe Jesus, porque acho que fui eu que me trouxe até aqui.

Minhas certezas, de que servem?

“Lave o rosto nas águas sagradas da pia/ Nada como um dia após o outro dia” – Racionais, in Jesus Chorou.

Amém.

Categorias
Série Querido Deus

Querido Deus #14

Querido Deus,

Por favor, me ajude, pois não tenho noção do que fazer.

Tenho a sensação de que todas minhas esperanças se esvaíram, juntamente com meus amigos, e também com minha fé.

Eu não percebo mais o sentido da vida.

A única esperança que me restou é a de que um dia tudo vai passar; mas até lá, o que farei eu?

Amém.